Tempo da colheita

Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão.
Salmos 126.5
                                                           

  
A vida com Deus é maravilhosa a cada dia que nasce podemos desfrutar do Seu amor, da Sua proteção e cuidado. A vida com Deus têm seus dias de sol, mas também dias de nuvens e tempestades e estes dia não são nada fáceis de viver, pois trazem dor, sofrimento e angustia, mas embora este dias tragam dor, sofrimento e angustia eles trazem também uma promessa de que embora o céu esteja escuro o amanhecer virá e quando ele surgir estaremos mais fortes na fé, como o ouro que levado a alta temperatura é purificado assim somos nós a cada tempo difícil vivenciado sairemos deles mais crescidos e fortes na fé.             

A mulher de Jó  viveu seus dias de tempestades entrou na fornalha viu seus filhos morrerem, sua riqueza desaparecer e seu esposo adoecer seu “mundo” ruiu  e junto dele a fé no Todo Poderoso e com coração desesperançado disse a seu esposo amaldiçoa a Deus e morre.
Já Jó é um grande exemplo para nós, pois viveu dias dificílimos e diante todo seu drama não perdeu a fé. Jó entrou na fornalha aquecida sete vezes mais e saiu da alta temperatura ainda mais forte e confessou: Antes eu te conhecia só de ouvir falar, hoje meus olhos te vê. E por tudo que passou, por lágrima derramada, por toda dor sentida Jó não perdeu a fé. Jó semeou em lágrimas e colheu em júbilo, pois confiou em Deus recuperou a saúde, teve mais filhos e filhas e ficou ainda mais rico do que era antes.

Com Deus é assim há recompensa para aqueles que nEle esperam, por isso diante das fornalhas da vida não perca a fé, continue semeando, continue firme no Senhor, pois chegará o dia em que o tempo difícil cessará e um tempo de paz nascerá esta é a promessa do Senhor e nela podemos confiar, pois por certo se cumprirá e não tardará.




Agradeço a todos pelo carinho e atenção comigo neste ano de 2015 e que em 2016 possamos fortalecer ainda mais estes laços de amizades. Feliz ano novo! 





Infinita graça

Pai, pequei contra o céu e diante de ti já
 não sou digno de ser chamado teu filho.
Lucas 15.18-19


Na vida passamos por momentos bons e ruins, o dia mal vem para todos, mas sabemos que nem todos sabem lidar com as dificuldades e há os que diante delas se desesperam, já que buscam o socorro do Abba Pai e encontram nEle e em Seus braços o conforto e o apoio que precisam.

O filho prodigo viveu isso ele encontrou no pai o perdão, socorro e apoio que precisava.Ele decidiu sair da casa do pai e ir para longe viver sua vida e viveu da forma como bem quis, gastou todo dinheiro que tinha, perdeu os amigos que achava ter e quando não tinha mais nada viu o quanto sua escolha foi errada e por esta escolha errada este jovem sofreu muito e depois de muito padecer caiu em si e decidiu voltar para casa.
Mas o seu passado lhe condenava, pois ele sabia que havia agindo mal com seu pai e por isso ele ao pensar em voltar para casa não criou expectativas nem cultivou a esperança de que ao voltar teria a vida que tinha antes e muito menos que o pai lhe recebesse bem, para ele ser aceito como empregado já estava de bom tamanho, pois já não era mais digno de ser chamado de filho de ter o conforto e as regalias de outrora e com este pensamento então voltou e para sua surpresa  assim que se aproximou da casa seu pai ao vê-lo ao longe saiu correndo ao seu encontro e o abraçou,o beijou, vestiu-o com a melhor roupa colocou sandálias em seus pés e um anel em seu dedo e não sendo o bastante fez um banquete para comemorar sua volta.
Com toda certeza este jovem diante de tal cena ficou atônito, pois sabia que por suas atitudes não merecia menos que o desprezo, mas neste dia este jovem viu que o amor é maior que tudo e que no pai sempre encontraria o que precisava.

Em nossa vida quantas vezes agimos como este jovem pecamos erramos feio  fazendo coisas que desagradam e entristeceram o Senhor , mas mesmo diante dos nossos erros Deus vem e nos surpreende nos perdoa e ainda nos enche de bênçãos sem que merecêssemos e tudo isto acontece porque  Deus é bom e Ele não vê como homem vê e nem nos julga segundo o nosso proceder, pois se assim o fizesse estaríamos perdido, Deus age segundo Sua infinita Bondade e por isso, por toda esta Graça derramada sobre nós devemos encher os lábios e declarar o nosso amor a este Deus de Infinita Graça, pois se não fosse Ele em nossa vida o que seria de nós.


Janela da fé


Hoje pela manhã estava assistindo um desenho com meu filho quando ouvi uma frase que falou ao meu coração.
O mordomo do rei fazia aniversário e por isso o rei deu a ele o dia de folga e ainda fez uma surpresa trouxe seu irmão para passar o dia junto, pois fazia muito anos que eles não se viam. O dia de folga estava repleto de atividade os irmãos iriam fazer coisas que faziam quando eram jovens iriam colher frutas no pomar, pescar, tomar sorvete.
Tudo estava certo para o mordomo sair do palácio e curtir seu aniversário, mas cada vez que ele estava preste a sair surgia um imprevisto e os filhos do rei clamavam por ajudar e com isso ele ia correndo ajudar e acabava deixando seu irmão para lá. O dia foi passando e o resultado foi que não deu para eles curtir o aniversario nem fazer as atividades programadas. O irmão ficou chateado com isso, mas o mordomo não ficou e disse para seu irmão que tudo ia ficar bem, mas o irmão não gostou da resposta do mordomo e retrucou dizendo: É você sempre vê a vida pelo lado bom. O mordomo sabiamente respondeu: Sim, é porque de lá a visão é mais bonita.

Esta frase me trouxe a memória uma fase boa de quando era criança e íamos passar férias na praia. Era uma alegria só e não víamos a hora de chegar lá, mas antes de chegarmos ao destino assim que chegávamos à rodoviária e comprávamos a passagem logo surgia discussão para ver quem ia sentado na janela, pois a estrada que nos levava até o litoral era linda cercada de mata, cachoeiras e ao longe uma paisagem desenhada por Deus e todos nós queríamos ir olhando pela janela, pois assim não iríamos sentir a demora e nem cansaço e a viagem ficaria mais bonita e leve.

A vida tem suas estrada e nossa viagem por aqui pode ficar mais leve e bonita se decidimos andar com Jesus e olharmos tudo pela janela da fé, do otimismo.A janela da fé nos faz confiar em Deus,  pois ao olharmos por ela e contemplamos a grandeza do Senhor percebemos que os problemas e as adversidades por maiores que sejam não passam de nada diante dEle, pois o nosso Deus é Grande e Poderoso e nada resiste ao seu poder.

Por isso abra a janela da fé e passe a enxergar a vida com outros olhos.




Não te esqueças

Filho meu, não te esqueças dos meus ensinos, e o
teu coração guarde os meus mandamentos.
Porque eles aumentarão os teus dias e
te acrescentarão anos de vida e paz.
Provérbio 3.1-2


Cada dia que nasce é um presente Deus para nós, pois temos a oportunidade de aprender e crescer com Pai, pois em tudo, em todas as situações podemos sempre aprender tirar algo de bom. Eu vivo a vida assim, a cada imagem e cena que vejo, frases que escuto conversas que tenho, convivência com pessoas, filho esposo procuro sempre estar atenta e ver o Deus está querendo me ensinar através desta situação e no último sábado não foi diferente mais uma lição aprendida.

Meu filho fez aniversário e foi uma correria só, preparativos, decoração, mil coisa para fazer e tempo parecia curto demais e mulher sabe como é quer tudo arrumadinho nos mínimos detalhes para que tudo fique como o imaginado, mas infelizmente nem sempre as coisas saem como imaginamos.

A festa correu perfeitamente meu filho feliz da vida e eu também, pois tudo estava lindo. O fim de festa chegou convidados foram embora e eu meu esposo começamos a dar um jeito na bagunça foi então que ao entrar no quarto vejo no cantinho da cômoda uma sacola e quando abro para minha  surpresa estava lá duas taças e um pacote de balas.As taças faziam parte da decoração da mesa, mas era tanta coisa para fazer que acabei me esquecendo delas e como resultado do meu esquecimento é que a mesa que ficou bonita poderia ter ficado ainda mais bonita.

Tudo isso me fez pensar que há coisas na vida que podemos até esquecer deixar pra lá, pois o esquecimento delas não nos trará grandes consequências, mas se há uma coisa que jamais podemos esquecer é de Deus e dos Seus ensinamentos, temos que viver a Palavra praticá-la em todo tempo, pois se a assim não fizermos a consequência disto será grave e poderá custar a nossa salvação.

Que sejamos como Josué e meditemos e vivemos a Palavra dia e noite para que através do nosso testemunho muitos venham até Cristo e se rendam a Ele.
                          
                         Não cesses de falar deste Livro da Lei, antes, medita nele dia e noite,
para que tenha cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito
então farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido.
Josué 1.8










Tenha fome de Deus

                                                                  Eu sou o pão da vida, o que vem a mim jamais terá fome.
João 6.35


 Meu filho Arthur tem um jeito engraçado de dizer que está com fome. Ele não faz como eu que quando criança sentia fome fala em alto e bom som mãeee me dá comida. Arthur tem um jeito bem particular ele chega bem pertinho olha para mim ele levanta a camiseta bate sua mãozinha na barriga e diz: Olha mãe minha barriga está murchinha.Eu acho isso engraçado e sei que na verdade o que ele quer dizer é que ele está com fome e quer comer e então logo respondo que vou dar comida e que logo sua barriguinha vai ficar cheiinha.

Isto me fez pensar que nós muitas vezes ficamos assim com nossa barriguinha murchinha precisando do alimento diário, mas não do alimento sólido, mas o espiritual o Pão da Vida Jesus.

Jesus enquanto viveu aqui na terra em todo tempo se deparou com uma multidão de famintos que careciam não só do pão e peixe, mas de Deus, de salvação.
Jesus fez o milagre da multiplicação dos pães e peixes¹ e alimentou neste dia milhares de pessoas que comeram até se fartarem e ainda sobraram doze cestos cheios. O povo diante deste milagre ficou maravilhado e queria proclamar Jesus rei e Jesus sabendo disto se retirou e foi para o monte sozinho.
No dia seguinte as pessoas começaram a procurar por Jesus até que O encontraram em Cafarnaum e ao vê-lo logo questionaram dizendo como ele havia chegado ali. Jesus sabendo o que se passa na mente e no coração humano respondeu ao povo que eles estavam ali procurando por ele não pelas palavras de vida, pelo reino dos céus, mas sim pelos pães e peixes que haviam comido no dia anterior, em outras palavras, Jesus estava dizendo que eles eram interesseiros e só estavam ali porque no fundo queria que Jesus alimentassem eles outra vez.

Dois mil e quinze anos depois a história não mudou muito e tem muitos que ainda buscam Jesus pela fome dos pães e peixes, ou seja, por tudo que Ele pode dar.
Desejam as bênçãos e não O abençoador, mas o próprio Jesus nos advertiu dizendo de que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder sua alma?².

Nossa maior necessidade não está nas coisas desta terra, mas sim nas coisas celestiais em Jesus e é por isso que não devemos focar somente em milagres e nem buscar Jesus somente pelas bênçãos, mas devemos buscá-lo porque temos fome Dele, queremos a Ele, porque O amamos e automaticamente por buscamos a Ele, por queremos a Ele, porque O amamos todo o resto nos será acrescentado³ e todo este resto acrescentado por maior que seja será nada se não tivermos Jesus.

Por isso não perca tempo com as "comidas deste mundo mal", mas se alimente da palavra de Deus, encha-se do Espirito Santo, pois quem Dele se alimenta vida terá!






_____________
¹ João 6.1-18
² Mateus 8.36
³ Mateus 6.33



Não se prostre!

Mordecai, porém, não se inclinava, nem se prostrava.
 Ester 3.2b


Havia no reino de Susã um homem chamado Hamã e este era intimo do rei Assuero  e por ser intimo o rei Assuero  exaltou Hamã de sobremaneira  colocando-o acima de todos os príncipes e todos no reino  respeitava e se prostravam diante dele. Hamã era um homem com coração mau cheio de orgulho e foi por conta deste orgulho planejou exterminar todo um povo.

Neste reino também vivia um homem chamado Mordecai, homem judeu temente a Deus e tio da rainha Ester que mesmo diante da lei do rei onde todos tinham que se prostrar se inclinar diante de Hamã  Mordecai  se recusou a isto, pois para ele só se prostraria diante de Deus.
E assim foi e toda vez que Hamã passava Mordecai não se prostrava e esta atitude deixou Hamã enfurecido a ponto de planejar a morte de Mordecai, pois quem era este judeu para nãos e prostrar diante dele.
 O ódio, o orgulho ferido e fez com que Hamã construísse uma forca para enforcar Mordecai, mas quem pode contra ungido de Deus e sendo assim os planos de Hamã foram água a abaixo e no final das contas ele mesmo caiu em sua própria armadilha morrendo enforcado no lugar de Mordecai.

Hamã representa o inimigo de nossas almas e o seu desejo é nos destruir e para isto ele usará de muitas situações para nos fazer prostrar, abater, matar a nossa fé e assim nos fazer desistir de seguir Jesus.
Mas através da vida de Mordecai aprendemos que por mais que inimigo tente ele não poderá nos atingir, pois Maior e mais Poderoso é o nosso Deus e ele já foi derrotado na cruz do calvário.

Por isso diante dos problemas e dificuldades confie em Deus não se prostre, não desanime e nem pense em desistir, mas anime-se no Senhor levante a cabeça olhe para alto, pois Deus é nosso socorro e a vitória nELe é certa.





Por que Deus, por quê?

 Moisés, porém, respondeu: Não temais, aquietai-vos
e vede o livramento do Senhor que, hoje vos fará.
Êxodo 14.13
  

Quem nunca esteve vivendo um momento feliz uma fase boa da vida quando de repente foi surpreendido por um furacão e sem que possamos entender vimos tudo ruir, ficar de cabeça para baixo, e nós em meio a tudo isto nos sentimos sem chão temendo o pior sem saber o que fazer como agir.

Assim também foi com Moisés e o povo eles estavam vivendo o melhor momento de suas vidas afinal estavam livres saindo do Egito da escravidão quanto de repente viram sua felicidade ameaçada.
O tempo de servidão havia acabado Faraó permitiu que o povo saísse do Egito e seguisse rumo à terra prometida, mas como diz o ditado o que é bom parece durar pouco e sem que Moisés e povo esperassem Faraó se arrependeu e saiu atrás do povo a fim pegá-los.
Moisés e o povo ao ver que Faraó estava ao seu encalço ficaram com medo e o povo então começou a murmurar dizendo por que Deus permitiu que saíssemos do Egito e chegássemos até ali para morressem naquele deserto então era melhor ter ficado lá servindo os egípcios, mas o que eles não sabiam que tudo isto era um plano de Deus, pois Deus disse à Moisés: “Endurecerei o coração de Faraó, para que os persiga, e serei glorificado em Faraó e saberão os egípcios que eu sou o Senhor¹”. E assim foi Deus manifestou o Seu poder e grandeza abriu o mar e o povo escapou sã e salvo e os egípcios foram destruídos sendo afogados quando o mar se fechou.

Quando estamos em meio às lutas e aflições muitas vezes pensamos porque tudo isto nos sobreveio, porque Deus que é tão Bom permiti que algo tão ruim nos aconteça.Mas, a verdade é que por mais que tentamos entender o fato é que nunca iremos entender os por quês de Deus, pois nem sempre a matemática de Deus é 1+1=2, mas ao contrário a matemática Deus é  1+1=10000000. Deus quase sempre faz coisas que aos nossos olhos é loucura e que parece não ter sentido, mas uma coisa é certa, tudo absolutamente tudo é para nosso bem, tudo é plano de Deus, pois Ele sabe de todas as coisas e muitas vezes usará das situações difíceis e dolorosas da vida para nos ensinar, nos exortar disciplinar, mas tudo sempre visando o nosso bem, nosso crescimento, pois o Senhor é Deus de amor é nenhum mal podemos imputar à Ele.

Por isso, quando estivermos em meio às grandes lutas e sofrimento não devemos nos revoltar e nem permitir que as dúvidas minem a nossa fé, mas sim devemos confiar no Senhor e nos lembrar de que tudo coopera para nosso bem e no final tudo dará certo, pois o Senhor é Grande e Poderoso Ele é Rei sobre toda a terra e agirá sempre em nosso favor.





______________

¹ Êxodo 14.4









Crer de todo coração

Faça-se –vos conforme a sua fé.
Mateus 9.29


Nos contos infantis é comum ter estórias sobre princesas fadas madrinha e suas varas de condão. É maravilhoso pensar que uma varinha é capaz de tornar nossos problemas em soluções e tornar real sonho e desejo mais impossível. Mas a vida não é uma estória encantada e uma varinha de condão faz milagre por si só e nos adultos e cristãos não cremos em fadas madrinhas e suas varas de condão, pois sabemos que só Um que é por si Só e que Ele é muito mais Poderoso que fadas e suas varas e esse é nosso Deus o Senhor dos Exércitos que tudo pode.

Após Jesus ter ressuscitado a filha de Jairo saiu e estava seguindo quando dois a cegos sabendo que Ele passava por ali começaram a clamar a Ele pedindo compaixão, pois ambos desejam ser curado. Jesus não respondeu e seguiu seu caminho até que chegou a uma casa e ali entrou. Os cegos mesmo diante do silêncio de Jesus não se deram por satisfeito e foram seguindo Jesus até a casa. Jesus sabia que os cegos queriam ser curados e ao vê-los ali na casa questionou dizendo: Credes que eu posso fazer isto?
Em outras palavras Jesus estava dizendo: Vocês acreditam mesmo que posso curá-los dar novamente a visão?  Eles imediatamente sem titubear responderam: Sim, Senhor nós cremos! E diante da resposta dos cegos Jesus tocou dizendo: Faça-se-vos conforme a sua fé.

Estava ai uma prova de fogo, pois se a palavra deles tivesse sido da boca para fora eles não ficariam curados, mas si de fato e verdade eles criam que Jesus que poderia curá-los assim seria e este homens não estavam blefando eles realmente acreditavam mesmo ouvindo só falar sobre os feitos de Jesus mesmo não tendo visto um milagre acontecer diante dos seus olhos ele acreditavam que Jesus podia curar, ressuscitar, salvar e libertar e por esta razão foram curados e passaram a enxergar.

Assim como a fé deste homens haverá momento e nossa vida cristã que a nossa fé também será provada, pois viveremos momentos onde tudo nos levar crer que não quando Deus diz sim. E são nestes tempos que teremos que ser como estes homens de fé crer de verdade, crer de todo coração perseverando, não murmurando e nem desistindo diante das adversidades e dos gigantes da vida, mas sim, mantendo-nos firme no caminho confiando que Deus agirá e logo tudo ficará bem.

A fé no Senhor é a nossa “varinha de condão”, pois através dela tocamos nEle.A fé agrada a Deus e Ele que tudo pode e que traz a existência o que não existe nos atenderá e agirá em nosso favor.

Por isso aconteça o que acontecer confie em Deus de todo coração creia que Sua palavra é verdadeira e tempo oportuno se cumprirá.







Cuidado olhinho com que vê

E, se o teu olho te faz tropeçar,arranca-o  é melhor entrares 
no reino de Deus com um só olho dos teus olhos  do que,
 tendo os dois seres lançado no fogo do inferno.
  Marcos 9.47



Você já percebeu que quando estamos em um ambiente triste cinza sem vida sem alegria acabamos de certa maneira ficando um tanto  apáticos “cinzas e triste”. Já quando estamos em um ambiente leve e alegre acabamos cheios de vitalidade e felizes.O mundo à nossa volta de certa forma interfere muito em nós naquilo que sentimos pensamos e agimos e talvez seja esta a razão do Senhor Jesus ter dito que olhos são as lâmpada do teu corpo e nos advertiu dizendo para que reparássemos se a luz que há em nós não fosse trevas. Jesus disse isto para que tenhamos cuidado com aquilo que colocamos diante nos nosso olhos, pois este poderão nos edificar ou nos destruir.

Davi não vigiou e permitiu que seus olhos vissem algo que seriam para sua ruína.Davi era um rei ativo que amava ir às guerras e guerrear as guerras do Senhor, mas houve um tempo em que Davi enviou Joabe e todo Israel à guerra ficando ele em Jerusalém e foi neste tempo em que todo exército estava na guerra que Davi em uma bela tarde passeava pelo terraço da casa real quando viu uma bela mulher tomando banho. Os olhos de Davi se encheram, pois Bate-Seba era uma mulher formosa e Davi olhou e a desejou e acabou trazendo-a até o palácio e se deitou com ela pecando contra o Senhor.

Muitas vezes agimos como Davi colocamos diante dos nossos olhos coisas que nos tentam e até nos levam a pecar.Nossa carne fala alto e acabamos cedendo a ela assim como fez Davi.

Sabemos que o diabo colocas as armadilhas em nosso caminho, mundo nos oferecem mil coisas, internet, a televisão em todo momento tenta nos prender em suas teias de mentiras e ilusões e muitas vezes as novelas, filmes, seriados os reality show acabam fazendo parte de nossa vida e cabe a nós dizer nããão, arrancar o olho! Mas muitas vezes acabamos presos a isto sem nos dar conta de que isto está nos causando mal  nos afastando de Deus.

Por isso temos que nos perguntar o que os nossos olhos tem visto? Para onde temos olhado?

Há uma canção infantil que nos adverte dizendo: Cuidado olhinho com que vê♫♫.Que nossos olhos estejam sempre no Senhor e nosso querer esteja sempre na cruz do nosso Salvador.








O tempo passa

Isaque cresceu e foi desmamado. Nesse dia em que menino
foi desmamado, deu Abraão um grande banquete.
Gênesis 21.8


A vida é feita de fases e ciclos e estes momentos por mais simples que seja são importantes, pois marca um tempo em nossa vida que jamais voltará.

Abraão assim como nós estava vivendo um novo tempo em sua vida e um tempo feliz estava ficando para trás.
Abraão recebeu de Deus a promessa de que teria um filho, mas tanto ele quanto sua mulher eram de idade avançada e cumprimento desta promessas aos olhos humanos parecia impossível, mas para Deus não há impossível e Deus deu um filho a Abraão e Sara e este chamou Isaque.
Isaque nasceu perfeito e saudável e como todo criança perfeita ele cresceu e chegou tempo em que foi desmamado e este era um momento muito especial para Abraão e Sara, pois seu bebezinho, o seu riso, o seu milagre agora era um mocinho e Abraão não se cabia em si de alegria e por este motivo decidiu fazer um banquete. Abrão convidou pessoas fez uma grande festa para comemorar esta nova fase na vida de seu filho Isaque e creio que ao final de tudo a conclusão que Abraão e Sara tiveram é que o tempo passou depressa demais.

Só quem é pai e mãe sabe a alegria que é ver seu filho crescer torna-se "independente", mas ao mesmo tempo tudo isso dá uma "dorzinha chamada saudade, pois um tempo maravilhoso passou e jamais voltará.

Mas a vida segue o tempo não para e através da vida do Isaque aprendo que a vida é breve e como diz o ditado o que é bom parece durar pouco e por isso não podemos e nem devemos perder tempo com reclamações e murmurações, não temos tempo a perder com coisas que não acrescentam, com coisas que não edificam, com bobagens e picuinhas, pois tudo passa depressa demais e só restará a saudade.


Por isso, temos que aproveitar a oportunidade de vida que Senhor nos deu, sendo gratos a Ele sempre seja na alegria ou na dor, diante dos bons e maus momentos, pois se chegamos até aqui foi porque o Ele nos ajudou e nos abençoou e “só” isso já o bastante para comemorar.









De volta ao jardim

O Senhor Deus, por isso, o lançou fora do jardim do Éden.
Gênesis 3.10


Não há nada mais maravilhoso que estar em Deus que viver em Sua presença sentir o Seu amor sobre nós. O amor de Deus Sua presença em nossa vida nos fortalece e nos encoraja a desejar e a buscar mais e mais deste amor vivendo dia a dia em santidade renuncia e obediência e fazendo de tudo para que nada (pecado) nos afaste desta graça apagando e entristecendo o Espírito Santo em nós.

Adão e Eva desfrutaram da maravilhosa graça que é viver com Deus todos os dias. Deus criou um lindo jardim e os colocou para habitar e cuidar deste jardim. Ambos viviam no jardim em santidade e obediência ao Senhor e todos os dias na viração do dia Deus visitava o jardim e assim Adão e Eva desfrutavam da comunhão e intimidade com Deus Pai o Criador. Mas com tempo tudo isto se perdeu, pois Eva deu ouvido as mentiras do diabo comeu do fruto e deu ao seu marido desobedecendo ao Senhor e como consequência da desobediência perderam a comunhão com Pai foram expulso do jardim.

Como Adão e Eva fomos criados para Ele para desfrutarmos de Sua presença, mas infelizmente muitas vezes nos deixamos levar e caímos pecamos e pouco a pouco vamos nos esfriando na fé  deixando o primeiro amor e quando damos conta estamos bem longe do jardim.

O pecado é raiz de todo mal. Ele é como um câncer que adoece nossa alma e nos leva à morte espiritual, por isso não podemos permitir que esta erva daninha cresça e destrua o jardim. Não podemos deixar que o pecado apague a chama do Espírito Santo em nós é tempo de voltar para jardim e retomar a comunhão com Pai e só há um caminho que nos levará de volta ao jardim e este caminho é arrependimento.

Por isso, confesse seus erros ao Senhor arrependa-se e converta-se do mal caminho, pois agindo assim Ele perdoará o nosso pecado e sarará a nossa terra¹ e nos conduzirá de volta ao jardim de volta para Seus braços.




___________ 
¹ 2 crônicas 7.14


Corte o mal pela raiz

Vai, pois, agora e fere a Amaleque e destrói totalmente
a tudo o que tiver e nada lhe poupes.
 I Samuel 15.3


 Com Deus não existe meio termo com Ele não podemos ficar em cima do muro, com Ele é sim sim, não não, ou obedecermos e seguimos ao Senhor ou não obedecemos e nem O seguimos.

Saul achou que podia ficar "em cima do muro". Saul foi escolhido por Deus para ser rei de Israel e Deus o escolheu para que reinasse no temor e obediência levando o povo também a temer e obedecer ao Senhor, mas no meio do caminho Saul se perdeu e começou fazer coisas que desagradaram ao Senhor.
O profeta Samuel a pedido de Deus foi até Saul e lhe disse que o Senhor o mandou ir contra os amalequitas e destruir tudo homens, mulheres, crianças, todos os bois ovelhas e  camelos nada deveria ser poupado, pois Deus havia prometido no passado que castigaria Amaleque por ter ele se oposto contra Israel quando saíram do Egito.
 E Deus não mente e nem se arrepende do que fala e chegou o dia de cumprir a promessa de acertar de contas com Agague, mas Saul não obedeceu ao Senhor e agiu como bem quis poupando a vida de Agague o rei dos amalequitas e o melhor dos animais e tudo que tinha não foi destruído.
O profeta Samuel foi novamente até Saul e chamou sua atenção, mas Saul estava tão cego espiritualmente que achou que agiu certo que seguiu exatamente a ordem divina, mas Saul tinha desobedecido completamente o Senhor e sua desobediência  lhe custou o reino, pois Deus o rejeitou e não quis mais que ele fosse rei sobre Israel e a ordem dada a ele foi obedecia por Samuel que matou Agague a espada cumprindo a promessa que Senhor havia feito a Israel.

Na vida cristã aprendemos que não existe pecadinho ou pecadão.Pecado é pecado e este desagradam o Senhor e nos afasta de Sua presença. A atitude de Saul nos mostra que não podemos ser tolerante como pecado com coisas que desagradam o Senhor. Com o pecado a tolerância tem que ser zero  não podemos fazer vista grossa ou  ficar alimentando pecado como se fossem de estimação temos que nos posicionar e a matar os agagues (pecado) de fez cortando o mal pela raiz, pois se poupados os agagues estes destruirão nossa vida com Deus.

Por isso como Samuel pegue a espada e mate agague, viva uma vida santa dentro da palavra em temor e obediência ao Senhor sempre.






Nós nEle e Ele em nós

Verdadeiramente, és também um deles,
porque o teu modo de falar o denuncia.
Mateus 26.73


Filhos normalmente são muito parecidos fisicamente com seus pais, pois carregam o mesmo código genético o DNA. Nós somos filhos de Deus e como filhos do Altíssimo temos o Seu DNA e com o DNA de Deus em nós tomamos forma e características do próprio Deus, ou seja, Deus é visível através do nosso caráter, é assim que o mundo enxergará Deus em nós.

Pedro tentou, mas não conseguiu esconder, todos viram que ele era um dos discípulos. Jesus foi preso levado ao Sinédrio para ser interrogado e Pedro acompanhava tudo de longe aguardando no pátio o desenrolar da história quando de repente aproximou-se dele uma criada dizendo que ele era um dos que estava com Jesus. Pedro imediatamente negou e saiu e foi para o alpendre quando novamente veio outra criada dizendo que ele estava com Jesus e mais uma vez Pedro negou Jesus. No mesmo instante os que estavam ali se aproximaram de Pedro e disseram que ele era sim um dos que andavam com Jesus, pois seu jeito o denunciava não adiantava negar, mas Pedro temeu e mais uma vez negou Jesus.

Através da vida de Pedro aprendemos que quando estamos com Senhor algo dEle tem que ficar em nós.Pedro viveu dia a dia ao lado do Mestre, comeu de sua mão, subiu ao monte viu o que ninguém viu, andou por sobre as águas recebeu conselhos advertências e até mesmo elogios de Jesus.Pedro estava em Jesus e as digitais de Jesus estavam em Pedro e nem a negação pode apagar isso dele.

É impossível andar com Jesus estar com Ele e nada dEle ter em nós.Jesus disse: “não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte”¹, ou seja, quando estamos no Senhor Ele está em nós² nem precisaremos falar, pois mais que palavras é nossa vida nosso testemunho e é através deles que todos verão Jesus em nós e isso ninguém poderá esconder ou tirar de nós.

Por isso, como Pedro entregue sua vida ao Senhor ande lado a lado com Ele viva em comunhão, construa sua cidade (vida) sobre monte (Jesus), encha-se do Espírito Santo, alimenta-se da palavra de Deus, pois quanto mais tempo estivermos com Ele, mas Dele teremos em nós, mas parecidos com Ele seremos e mais almas serão ganhas para o Seu reino.




_________________ 

¹ Mateus 5.14
² João 15.4

Obediência ou morte

 “Depois, disse o Senhor a Moisés: Sobe a este monte Abarim e vê a terra que dei aos filhos de Israel.E tendo-a visto, serás recolhido também ao teu povo, assim como o foi teu irmão Arão; porquanto, no deserto de Zim, na contenda da congregação, fostes rebeldes ao meu mandado de me santificar nas águas diante dos seus olhos”.
Números 27.12-14



Na fé cristã obediência é sinônimo de vida já a falta dela fará com que fiquemos pelo caminho não alcancemos as promessas que Deus tem para cada um de nós.

Moisés é um exemplo disto, ele foi escolhido por Deus para libertar Seu povo do Egito e conduzi-los à terra prometida terra de maná leite e mel, mas em meio à tanta dedicação e obediência Moisés errou e isto foi motivo para ele "ficar pelo caminho" não passar para outro lado do jordão.Tudo aconteceu quando Moisés conduzia o povo pelo deserto e ao chegar no deserto de Zim faltou água para o povo e por este motivo o povo contendeu contra Moisés e Arão dizendo que antes tivessem perecido no Egito.
Moisés então buscou socorro no Senhor que prontamente respondeu a ele dizendo: “Toma o bordão, ajunta o povo, tu e Arão, teu irmão, e diante dele, falai à rocha, e dará a sua água; e assim lhe tirareis água da rocha e dareis a beber a congregação e aos seus animais”(Nm 20.8). Mas não foi isto que Moisés fez, mas ao contrário Moisés tomou seu cajado nas mãos e com toda força feriu a rocha duas vezes e a água jorrou.
A ordem de Deus era falar e não bater e o Senhor Deus não se agradou da atitude de Moisés, pois ao bater na rocha Moisés desonrou o Senhor desobedeceu à ordem dada e por isso Moisés pagou o preço morreu antes de entrar em Canaã.

A atitude de Moisés nos mostra que quando escolhemos trilhar pelo tortuoso caminho da desobediência só temos a perder, mas se quisermos e nos propusermos a andar no caminho da obediência então o próprio Deus nos preservará neste caminho e nos fará alcançar as promessas no fará entrar em a Canaã. 

Por isso, não se esqueça a obediência é o único caminho que nos conduzirá as bênçãos, por isso, escolha obedecer escolha viver. 





Reaja

Abatidos, porém não destruídos.
 2 coríntio 4.9b



Elias¹ era homem semelhante a nós sujeito aos mesmos sentimentos, fraquezas, mas Elias era um homem ousado na fé cheio de Deus e de coragem ele enfrentou e matou a fio de espada novecentos profetas Elias era destemido e mesmo sabendo que o rei Acabe poderia pegá-lo não temeu e se apresentou diante do rei mesmo sabendo que poderia ser morto. Mas depois de todo este festival de fé, coragem e ousadia o profeta viveu seu dia mal e após saber das ameaças de Jezabel temeu e fugiu para deserto tentando poupar a sua vida. Elias ficou muito abatido pediu para si à morte e achou que era o seu fim e acabou escondido no fundo de uma caverna. Mas Deus não desampara os Seus e embora abatido Elias não estava destruído não era o fim para ele, pois Deus ainda tinha plano para Elias que reagiu saiu da caverna e Deus o fez ungir reis, vencer exército e levantar um sucessor .

Como Elias também vivemos o dia mal, dias de tristeza e abatimento, dias que achamos que é o nosso fim e que os problemas, as dificuldades são maiores do que nós e invencíveis e com isso nos vemos sem força para lutar, mas a palavra de Deus para nós é reaja, pois não é o fim. Deus nos ensina que em meio à fraqueza Ele é nosso sustento e que não há super- heróis nem super crentes somos meros mortais cheios de fraquezas e que podemos até nos abater, mas não seremos destruídos, pois Deus é em nossa vida e Ele cuida de nós e mudará a nossa sorte.                                                                                                                                                                     
Por isso, diante das dificuldades não desista, as lutas podem até ser grande e te fazer desanimar, mas maior que tudo é o nosso Deus, portanto reaja, não é o fim, entregue a sua vida ao Senhor, confie nEle e o mais Ele fará², o fim não chegou Deus ainda te surpreenderá.





________________ 
¹ I reis 19
² Salmo 37.5


Filhos amados

Ora Israel amava mais a José que a todos os seus filhos.
Gênesis 37.3


Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna ¹.
É lindo ver como João define o amor que Deus tem por nós dizendo que Ele nos amou de tal maneira. Tal maneira é um modo que João encontrou para dizer que o amor do Pai não podia ser expressado com palavras e nos dá a ideia de algo tão grande que não tem medida que nem se pode imaginar. É João estava certo o amor de Deus é realmente extraordinário, imensurável, amor este que fez de nós pobres miseráveis pecadores filhos do Rei herdeiro da promessa.

A bíblia nos fala de Jacó que como pai também amou seu filho José de tal maneira. José era o filho preferido de Jacó o mais amado entre os irmãos e embora fosse o mais querido foi o filho que mais sofreu.
José viveu tempos bem difíceis foi traído pelos irmãos e vendido como escravo. José viveu longe da presença do seu pai e soube bem o que era abandono e solidão. Por muito tempo José viveu assim, mas não se deixou esmorecer e manteve a fé em Deus e Deus não o decepcionou José foi exaltado e voltou a desfrutar do prazer de viver em família.

Assim como José nós também somos filhos amados do Pai e por sermos filhos amados é que seremos alvo do ataque do inimigo que tentará de mil maneiras nos afastar do Pai, roubar de nós o prazer que é viver uma vida em Sua presença em comunhão, santidade e entrega buscando à salvação.

José caiu na armadinha do inimigo quando saiu de perto de seu pai seus irmãos aproveitaram a oportunidade e armarem contra ele vendendo-o como escravo.
Assim também será conosco o inimigo de nossa alma está à espreita esperando o momento certo uma oportunidade para nos atacar "o diabo, vosso  adversário, anda em derredor como leão que ruge procurando alguém para devorar ²", por isso, não dê brecha a ele, seja vigilante, não saia da presença do Pai nem por um minuto, mas viva de forma santa, fazendo do Senhor a sua morada, pois só vivendo no Senhor e nos escondendo em Suas asas é que estaremos de fato seguro e o mal não alcançará.





__________________
¹ João 3.16
² I Pedro 5.8







A oração muda as coisas

Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.
Tiago 5.16


Na vida às vezes vivemos situações que a primeira vista são assustadoras, mas depois de nos acalmarmos e orarmos buscando o socorro de Deus vemos que aquilo que parecia ser o fim era apenas uma pedrinha no caminho que o Senhor Deus tirou com louvor.Assim como nós a bíblia nos mostra exemplos de homens de fé que ao orarem experimentaram do poder da oração.

O rei Ezequias¹ adoeceu de uma enfermidade mortal e o profeta Isaías à mando de Deus veio até ele entregar um recado que dizia para ele colocar a sua casa em ordem porque não iria escapar com vida desta enfermidade.O rei ao ouvir o recado de Deus não questionou o profeta, não gritou esperneou para ele, mas virou o rosto para a parede e orou Senhor Deus, pois sabia que só o Ele poderia curá-lo. A oração de Ezequias mudou sua sorte, pois Deus ouviu a oração e atendeu lhe deu a cura e ainda acrescentou anos de vida.

O mesmo foi com Paulo e Silas² a oração mudou a “sorte” deles, pois por estarem servindo ao Senhor e por ter libertado uma jovem de um espírito adivinhador Paulo e Silas foram presos e acoitados, mas Paulo e Silas eram homens de fé e oraram e louvavam a Deus na prisão e o Senhor fez com que um forte terremoto abalasse as estruturas daquela prisão e assim todas as portas foram abertas e as cadeias que os mantinham preso caíram e Paulo e Silas foram soltos.

Oração tem poder! Ela é a chave que abre as portas dos céus, a oração move a mão de Deus em nosso favor e é por isso que a oração não deve ser o nosso último recurso, mas sim a nossa primeira atitude diante de qualquer situação em nossa vida. 

A oração é uma meio de comunhão com Pai e através de uma vida em Deus em comunhão que os gigantes cairão, que as tempestades se acalmarão, que as prisões serão abertas e que curas e milagres acontecerão. 
Ezequias, Paulo e Silas tiveram suas orações atendidas não somente porque oraram, mas porque viviam uma vida de oração comunhão com Deus e Deus sempre cuida dos Seus.


Por isso, não negligencie sua vida de oração, ore sempre, ore em todo tempo e não se esqueça de que não devemos orar somente para mudar as coisas, mas é porque oramos (vivemos uma vida de oração) que tudo mudará.




________________  
¹Isaías 38.1-5
²Atos 16.16-26

Escolhas




Recentemente vi um comercial na tv que muito me chamou atenção o comercial é sobre um homem acorda e se arruma para ir ao trabalho, mas antes de sair de casa ele vai até a cozinha e chegando lá se depare com um irresistível e tentador bolo de chocolate com morangos e ao lado do bolo está uma fruteira algumas maças vermelhas o homem então olha para o bolo como se fosse pegá-lo para comer, mas para e pensa e então escolhe a maça. Saindo para ir trabalhar ele pega a chave para abrir o carro, mas ao lado do carro está uma bicicleta e então ele deixa o carro e vai com a bicicleta. Este comercial é de um plano de saúde e a mensagem do comercial é de que devemos fazer escolhas que beneficie a saúde física.

Como a saúde física assim também é nossa saúde espiritual e devemos fazer escolhas que beneficie nossa vida espiritual, pois todos os dias a cada instante somos tentados a comer do bolo de chocolate com morangos, mas como diz a palavra “todas as coisas me são licitas, mas nem todas convém¹”.

A bíblia nos mostra dois exemplos de escolhas José e Davi.  José² era um homem de Deus e por ser filho preferido de Jacó acabou sendo traído por seus irmãos e vendido como escravo José viveu longe de sua família sofrendo e diante de tudo isto José poderia ter se revoltado  e desistido de servir à Deus, mas não, José permaneceu fiel .José trabalhava na casa de Potifar era um homem de confiança dele, mas a mulher de Potifar se encantou por José e queria porque queria se deitar com ele. José era jovem normal cheio de vida e assim como eu e você também tinha seus desejos e vontades, mas José não vivia na carne, mas no Espírito e por isso não cedeu aos encantos da mulher de Potifar ele não comeu do bolo de chocolate com morangos ele escolheu a Deus e Deus o exaltou José tornou-se governador do Egito honrado por todos e até pelos seus irmãos.

Já o rei Davi³ agiu ao contrário de José. Davi estava passeando no palácio quando viu Beteseba tomando banho e a desejou e não resistiu mandou trazê-la ao palácio e se deitou com ela cedeu à carne e pecou contra o Senhor. A atitude de Davi trouxe graves consequências para ele e sua família.

Todos nós assim como José e Davi seremos tentado a pecar a desobedecer ao Senhor e é por isso que devemos  viver pelo Espírito "porque larga é a porta e espaçoso caminho que conduz à perdição"[ 4] O mundo nos tenta oferece a nós aquilo que é desejável, mas não se iluda! Só Deus tem aquilo que precisamos, por isso, escolha a Ele escolha a Cristo escolha obedecer ao Senhor sempre.



________________ 
¹ I Coríntios 6.12
² Gênesis 39.7-12
³ 2 Samuel 11.1-5
4 Mateus 7.13



Nunca duvide

Pois eu, de fato, vi e tenho testificado que ele é o Filho de Deus.
João 1.34


Deus é Bom em todo tempo. Deus é Deus em todo tempo, mas porque que muitas vezes nos momentos difíceis nos esquecemos disto e permitimos que a dúvida entre em nosso coração. Foi assim com  alguns profetas e ainda é assim em nosso tempo.

João Batista foi o maior profeta nascido de mulher e ele veio para preparar o caminho para Jesus. O reino de Deus havia chegado Jesus foi até João para ser batizado e quando Jesus chegou assim que foi batizado João Batista viu o Espírito Santo descer do céu como pomba e pousar sobre Jesus e uma voz que vinha do céu dizia este é meu filho amado em quem me comprazo. Após o batismo Jesus seguiu seu caminho e deu inicio ao seu ministério e João Batista continuou a batizar, mas o reino de Deus havia chegado e a missão de João já havia se cumprido. Herodes o tetrarca da época era um homem mal devasso que mantinha um caso amoroso com a mulher de seu irmão e João por repreender Herodes arrumou um adversário. João foi preso e estava vivendo seu pior momento e sabia que provavelmente não escaparia com vida da prisão e neste momento de trevas João permitiu que a dúvida entrasse em seu coração e mandou perguntar para Jesus se ele era aquele que estava para vir. João se esqueceu do que viu e viveu, esqueceu que ele mesmo viu Espírito Santo descer sobre Jesus e Deus falar que Jesus era filho amado.

Como João haverá momentos na vida que viveremos nosso "pior" momento, momento onde nos vemos cercados pelas incertezas nos sentimos com medo angustiando e com isso não consigo ver uma luz no final do túnel e acabamos nos esquecendo de tudo que Deus já vez por nós e de como Ele sempre estendeu a Sua mão e agiu em nosso favor sempre Fiel nos auxiliando em tudo.


Por isso, nos momentos de pouca fé e incerteza não age como João Batista nunca duvide nas trevas o que Deus lhe falou na luz, ou seja, independente do que aconteça do momento que esteja vivendo nunca duvide nem por um minuto sequer do cuidado de Deus por você, porque o Senhor  é bom e a Sua misericórdia é sobre nós. 



O Deus que realiza sonhos

E ele satisfará os desejos do teu coração.
 Salmos 37.4



Piuiiii tic tac tic tac...Piuiii tic tac tic tac!!Se há um som que encanta meu filho e som de locomotivas. Arthur ama trem e passa horas vendo vídeos sobre locomotivas ou então montando trilhos sob o tapete da sala. Eu fico encantada com o amor que meu filho tem pelos trens e confesso que fico a pensar quem será que ele puxou, pois nem eu e nem meu esposo somos assim tão apaixonados por trem, mas quando a coisa que vem da alma e não tem como explicar.

Sabendo eu do amor que ele sente por trens coloquei em meu coração que iria levá-lo para conhecer pessoalmente uma Maria Fumaça e assim foi pesquisei sobre assunto aqui em minha cidade vi os dias e horários de visitação e então chegou o tão esperado dia de irmos conhecer confesso que eu estava tão eufórica e não via a hora de chegarmos e passearmos na Maria fumaça.
Chegando à estação ferroviária compramos nossos bilhetes e ficamos aguardando a hora do embarque. A expectativa era grande e meu filho Arthur estava que não se continha e ficava pulando de um lado por outro demonstrando sua impaciência com a demora do trem, mas de repente escutamos o apito bem alto a demora chegou ao fim lá vinha ela a dona Maria Fumaça soltando seu vapor. Os olhos do meu filho brilhavam e um sorriso com um sol em sua força nasceu em seu rosto demonstrando toda sua felicidade, pois afinal naquele instante estava realizando um desejo do seu coração e eu feliz da vida e agradecida ao Senhor por poder proporcionar ao meu filho algo assim.

Através da vida do meu filho lembrei-me de que como nós Deus é um Pai que ama realiza os sonhos de seus filhos. Sonhos fazem parte da vida e como disse um autor desconhecido uma pessoa sem sonhos é como um pássaro de asas quebradas, que não pode voar. Deus nos deu asas (fé) para que através dela alcancemos (nEle) os nossos sonhos, em Deus tudo é possível e até mesmo os sonhos impossíveis.
  
Jesus nos disse: “Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que pedirem?”¹ . 
Há momento na fé que nos esquecemos desta promessa e achamos que Deus nunca realizará nossos sonhos, mas se Jesus disse então está dito, pois Sua palavra é fiel e se cumprirá.
Em Deus podemos confiar e como disse o salmista nEle não seremos decepcionados².Por isso, sonhe, gere seus sonhos em Deus em oração e assim quando menos esperar Deus tornará os sonhos em realidade.




______________________________________ 
Foto- Locomotiva à vapor nº 5 de 1922
¹ Mateus 7.11
² salmos 25. 3



Saia do ninho

 Ora, disse o Senhor a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela
e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei.
 Gênesis 12.1

  
A ordem dada foi “sai da sua parentela e vai para uma terra que lhe mostrarei” e mesmo não sabendo para onde ir Abraão não excitou e nem questionou o Senhor, mas obedeceu prontamente e seguiu rumo ao desconhecido.
Abraão não pensou na dificuldade que iria encontrar pelo caminho, na saudade que sentiria de seus parentes da sua casa, Abraão simplesmente obedeceu agiu pela fé e creu que em tudo o Senhor lhe supriria.
Deus havia feito a Abraão uma grande promessa dizendo: “De ti farei uma grande nação e te abençoarei e te engrandecerei”, mas para que Abraão pudesse experimentar de tudo que o Senhor tinha para ele era preciso sair do ninho.
 Deus tirou Abrão da sua terra, da sua casa, do seu ninho para que pudesse crescer na fé. E ao passo que Abraão saiu do ninho viu e viveu coisas grandiosas conheceu um Deus como nunca antes conhecera. Um Deus que prospera, pois enriqueceu muitíssimo, um Deus que faz o impossível, pois viu sua mulher estéril lhe dar um filho aos noventa anos de idade. Abraão conheceu um Deus que cuida protege e mesmo quando uma guerra estoura em nosso redor Ele acalma dizendo: “Não temas eu sou teu escudo” Abraão viveu pela fé sempre em obediência ao Senhor e por isso foi muitíssimo abençoado.

Como Abraão haverá momentos na fé que seremos convidados por Deus a sairmos do ninho. O ninho representa muitas vezes o nosso comodismo na fé e Deus não quer filhotes crescidos, filhos acomodados com asas atrofiadas que não ousam “voar” viver pela fé.Deus quer sejamos homens e mulheres de fé consciente de nosso papel no reino. Deus quer vivemos como Abraão que entreguemos totalmente a nossa vida em Suas mãos e em tudo sejamos obedientes.

Deus tem muitas bênçãos para nos dar, mas para desfrutamos delas teremos que sair do ninho e voar, voar bem alto nas asas da fé, pois só viveremos coisas grandes no Senhor quando dermos passos grandes de fé, por isso, não temas o novo como Abraão confie no Senhor e obedeça sempre.




A nossa força é a fé

Se te mostrares fraco no dia da angustia, a tua força (Fé) é pequena.
 Provérbios 24.10



Quando passamos por lutas e provações a vontade que dá é de pedir colo e ficar quietinho até que tudo passe a paz volte a reinar, mas na vida infelizmente não pode ser assim e o que nos resta e levantar e encarar de frente  nossos problemas e manter a fé, pois o Senhor nos ajudará.

A mulher do fluxo de sangue¹ é um grande exemplo para nós, ela que estava doente já há doze anos sem chance de cura tinha todos os motivos para entregar os pontos desistir de tudo se conformar com sua doença incurável e ficar e esperando à morte chegar, mas não, ela era uma mulher guerreira e mesmo debilitada com a saúde em frangalhos lutou pela sua cura.
Jesus estava passando e ela ouvindo falar de Jesus e de tudo que Ele fazia logo se encheu de esperança e movida pela fé disse para si mesma que se tocasse na orla de suas vestes ficaria curada.
Esta mulher tinha a certeza em seu coração de que Jesus poderia curá-la e mal tendo força para caminhar chegou até Jesus e tocou na orla de suas vestes Jesus imediatamente percebeu que algo especial aconteceu, pois sentiu que de Si saiu poder e após perguntar a mulher se revelou e então Jesus disse a ela “filha a tua te salvou e ela ficou curada.

Em nossa vida quantas vezes passamos por situações difíceis e diante delas nos vemos sem força (fé) para prosseguir. Mas a vida desta mulher nos inspira a continuar mesmo sem força, mesmo nos arrastando o lema é não desistir até o milagre atingir.

Há uma frase que diz que a vida é dura pra quem é mole. A vida pode até ser dura e difícil, mas nosso Deus é forte e poderoso e por isso sejamos como está mulher coloquemos nossa fé no Senhor e não seremos decepcionados, pois no Senhor nada é em vão.




______________ 
¹ Lucas 8.43-48


Ladrão de alegria

Que bela figura fez o rei de Israel, descobrindo-se,
 hoje, aos olhos das servas de seus servos,
sem pejo, se descobre um vadio qualquer!
2 Samuel 6.20


 A alegria é fruto do Espírito Santo e se tem uma coisa que incomoda o diabo e a alegria. O diabo é mal e não quer ver ninguém feliz e é por isso ele tentará de mil maneiras acabar com a nossa alegria.

Depois de muitos anos longe a arca estava novamente nas mãos do povo de Deus e estava sendo levada para Jerusalém e por isso  o rei  Davi estava que não cabia em si de tanta alegria e dançava com todas as suas forças diante do Senhor, mas como o diabo é mal humorado e a alegria o incomoda desta vez não foi diferente.
Mical, filha de Saul, esposa de Davi  estava olhando pela janela quando viu a arca entrar na cidade e o rei Davi seu marido saltando e dançando diante do Senhor com toda alegria. Mical ao ver a cena desprezou no seu coração e usada pelo inimigo  não se conteve e foi até Davi e o atacou dizendo que ele não deveria agir desta forma que dançar se expor desta  maneira era atitude de um vadio qualquer,  mas Davi cheio  do Espírito Santo não deu ouvidos e nem se deixou abater com as palavras de Mical e respondeu a  altura colocando-a no seu devido lugar. Mical deu lugar e acabou sendo um instrumento nas mãos do diabo para roubar a alegria de Davi e fazê-lo desistir de agradar a Deus.

Assim age o ladrão de alegria ele usa de pessoas ou situações para entristecer o nosso coração nos desmotivar e assim nos fazer desistir de Deus e de nossos objetivos.
A palavra de Deus diz que " o ladrão veio somente para roubar, matar e destruir"¹, por isso o diabo não medirá esforços para atingir seu objetivo.Objetivo do ladrão de alegria e nos roubar o prazer de viver  a nossa alegria e destruir nossos sonhos  matar nossa fé fazendo de nós pessoas amargas, mal humoradas, depressivas, MURMURADORAS, pois assim não desfrutaremos da vida abundante que o Senhor tem para nós.

Mas não podemos permitir que isto aconteça Davi estava atento cheio de Deus (revestido da armadura) e por isso não caiu na armadinha do inimigo não deu ouvido a palavras de Mical como Davi temos que ser, pois o ladrão é como leão feroz que anda ao nosso derredor² esperando o momento exato de nos atingir, por isso, todo cuidado é pouco vigiemos (e oremos) sempre!

“ Quanto mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder.
Revesti-vos de toda armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo”³.





____________ 
¹ João 10.10
² 1 Pedro 5.8
³ efésios 6.10-11




O lado bom das coisas ruins

São os olhos a lâmpada para o corpo.
Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso, se,
porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas
Mateus 6.22-23


Um famoso ministro britânico disse “o pessimista vê dificuldade em cada oportunidade, o otimista vê oportunidade em cada dificuldade”, a bíblia os mostra exemplos assim de homens que por mais dificuldades sofrimento que estivessem vivendo não perderam a fé e viam tudo com olhos otimistas.

Jó é um exemplo de otimismo e fé, pois se há alguém neste mundo que não seja Jesus que sabe o que é sofrer esse alguém é foi Jó¹. Jó passou por uma grande tempestade em sua vida onde viu tudo ser devastado, seus filhos mortos, seus bens arruinados, sua saúde destruída. Jó era um homem de Deus justo e tudo isto lhe sobreveio não por causa do pecado ou desobediência a Deus, mas sim porque Deus tinha um propósito maior e como a palavra de Deus diz “tudo coopera para nosso bem²” Jó passou por todo este tormento, mas ao fim dele Jó com toda certeza saiu uma pessoa bem melhor, mas cheia de fé e conhecendo Deus de uma forma intima e pessoal.

Como Jó ter Deus em nossa vida não impedira de passarmos por tempestade, mas tê-lo em nossa vida é a garantia de que sairemos a salvos delas. Durante nossa vida muitas tempestades se levantarão e muitas delas vindas pelo vento de Deus para fazer de nós pessoas melhores e mais fortes. Tudo nesta vida por pior que seja terá sempre um lado bom a cruz do nosso amado Jesus é exemplo disto Ele sofreu como ninguém nunca nesta terra sofreu, sentiu as dores que ninguém nunca suportaria sentir, mas ao fim de tudo todo aquele sofrimento transformou-se em salvação e Jesus viu que valeu a pena passar pela cruz para nos trazer de volta para os braços do Pai.

Aprendemos que a cruz não é o fim não é só sofrimento dor e morte, mas ela também e redentora, transformadora, salvadora.Por isso, por mais difícil que esteja o momento em que estejamos vivendo devemos olhar tudo com olhos otimista, pois no final tudo ficará bem. 





 ________________
¹Jó 1
²romanos 8.28

Sem interesse

Porque a mim se apegou com amor
Salmos 91.14


Se há alguém que tudo sabe esse alguém é Deus, Ele nos fez nos formou ainda no ventre materno e não há nada escondido para Ele até os nossos pensamentos antes mesmo de pensarmos Ele já sabe e os nossos mais íntimos sentimentos Ele conhece.Deus conhece a todos nós e se até as estrelas do céu Ele chama a cada uma pelo nome imagina seus filhos. Deus é um Deus pessoal que quer relacionar-se intimamente com cada um de seus filhos, mas nem todos querem ter um relacionamento com Deus e só O buscam por que necessitam de algo de Suas mãos, mas maior do que as bênçãos que Senhor pode nos dar é o Seu amor a Sua presença em nossa vida este sim é um tesouro e isso que devemos buscar.

A bíblia nos fala de um dos maiores rei que Israel já teve Davi. Davi teve riqueza, poder fama, mas maior que tudo que Davi tinha era Deus em sua vida e ele declara esta verdade dizendo “tu és o meu Senhor, outro bem não possuo senão a ti somente¹”. Davi amava Deus e O adorava não pelo que Deus fez em sua vida, mas sim pelo que Deus era.

Jesus lidou com milhões de pessoas e conhecia bem as intenções daqueles que O procuravam. Tinha aqueles iam em busca de cura, libertação, outros porque queriam matar sua fome saciar com pão e poucos O procuravam e seguiam pelo que Jesus era.Mas independente do sentimento que motivava aquele que buscava Jesus Ele não desprezava ninguém e tratavam a todos com a mesma atenção e compaixão, embora entristecido, pois sabia algo maior lhe era oferecido, mas eles não queriam, Ele veio para os seus, mas os seus o não receberam, o desprezaram².

Mas em meio à tanto desprezo e interesse vemos o exemplo de uma mulher pecadora³ que foi até Jesus e derramou aos seus pés um vaso do mais caro perfume e beijou seus pés como nunca ninguém havia beijado e regou com lágrimas de um coração adorador de um coração emocionado somente pelo prazer de estar na presença do Rei dos reis.
Esta mulher não disse nada à Jesus,ela não pediu nada nem cura libertação ou perdão, ela sequer atreveu à olhar nos olhos de Jesus, ela foi até Jesus sem interesse somente pelo que Ele era e assim como ela devemos ser nos apegar ao Senhor por amor, pois não há nada mais precioso do que nosso Jesus e não há algo que nos dê maior prazer do que adorá-lo, derramar nosso coração em Sua presença e nos deleitar em Seu amor.
Que sigamos o exemplo da mulher pecadora (adoradora) busquemos o Senhor somente pelo que Ele é e não pelo que pode nos dar.







_______________  
¹ salmo 16. 2
² João 1.11
³ Lucas 7.36