Deus cuida de mim


Os corvos lhe traziam pela manhã pão e carne,
 como também pão e carne ao anoitecer.
I Reis 17.7


Na vida muitas vezes enfrentamos situações difícil, momentos tão delicados e diante deles até nos “esquecemos” do tamanho do nosso Deus e pensamos como Deus conseguirá nos livrar de certas situações, pois aos nossos olhos parece tudo tão difícil. Mas Deus é Deus e Ele faz o que quer, usa  quem Ele quer e se preciso for move céu, terra e mar para nos abençoar.Foi assim como Elias Deus fez o inimaginável só para abençoá-lo.

No reinado do rei Acabe houve grande seca por toda a terra e o Senhor Deus veio até o profeta Elias e disse para ele se retirar dali e ir para lado oriental e esconder-se junto à torrente de Querite porque Deus ordenaria aos corvos que trouxessem alimento para ele e ele beberia da água do ribeiro e assim não morreria e nem passaria por necessidade neste tempo difícil. O profeta fez exatamente como Senhor Deus lhe ordenou e foi para torrente e ali se escondeu e todos os dias os corvos vinham e traziam ao amanhecer e ao anoitecer pão e carne e isso durou muito e muitos dias.Como passar dos tempos e pela falta de chuva o ribeiro do qual Elias bebia água foi minguando, minguando até secou e Elias não tinha mais água para beber e foi então que novamente o Senhor Deus usou quem Ele quis e ordenou a Elias que saísse dali e fosse até a cidade de Sarepta, pois lá uma viúva o sustentaria.

Nesses tempos de escassez Elias não padeceu nada lhe faltou, pois Deus em tudo o supria e diariamente Elias pode ver através do corvos o favor de Deus em sua vida.

Assim também é conosco todos os dias Deus manifesta em nossa vida o Seu favor. Podemos contemplar diariamente o Seu agir, pois Deus cuida de nós, é Ele que nos livra de todo mal, é Ele que supri as nossas necessidades, é Ele que nos cerca de cuidado e amor.

Deus cuida de nós e mesmo que estejamos vivendo o dia mal, dias de dificuldade e escassez não devemos temer, pois Ele está conosco e nEle encontraremos tudo que precisamos. Ele é a fonte e esta fonte nunca se esgotará.






Nenhum mal nos alcançará

Nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito.
Salmo 91.10-11


 A vida com Deus nos ensina muitas coisas e dentre elas aprendemos que não importa onde estivermos se em meio ao vale ou alta montanha, se em águas tranquilas ou em meio às feras Deus estará sempre conosco  e nos guardará em todos os nossos caminhos.

Com apostolo Paulo foi assim ele estava em meio as feras ( preso) e após ter pregado no sinédrio levantou a ira dos que ali estavam e estes inconformados com a pregação do evangelho os judeus queriam por toda lei acabar com a vida de Paulo e para isso armaram uma cilada para matá-lo. Seu sobrinho estava ali e ouvindo os planos do inimigo foi até Paulo e contou tudo que estava acontecendo e Paulo ao saber dos planos do inimigo se levantou e disse para centurião que ali estavam para levar seu sobrinho até comandante, pois este tinha algo muito importante para falar e assim foi o sobrinho de Paulo foi até o comandante e relatou a ele os planos que judeus tinham de matar Paulo e o comandante após ouvir o relato do rapaz  despiu-o  e imediatamente  tirou  o preso Paulo daquela prisão e o levou com segurança ao governador e assim os planos dos judeus em tirar a vida de Paulo foram frustrados.

Paulo  é um grande exemplo de fé, pois mesmo preso e sob grande ameaça não temeu, mas permaneceu firme na fé confiou no Senhor que o livrou das mãos dos inimigos.


A vida de Paulo nos encoraja a andar com retidão a Deus e confiar plenamente nEle, pois se fizermos do Senhor a nossa morada nenhum mal nos alcançará.



O deserto florescerá

Abençoá-la-ei e dela darei um filho, sim, eu a abençoarei,
e ela se tornará  nações, reis de povos procederão dela.
Gênesis 17.16


A bênção de Deus é como um favor, uma graça concedida a Seus filhos que andam em retidão e obediência.

Abraão e Sara sua esposa andaram toda a vida com Senhor sempre sendo fieis e obedientes. Abraão tinha tudo que um homem poderia querer, ele tinha riqueza, mulher, servos, um bom nome, boa reputação, nada faltava para Abraão exceto um filho e Deus sabendo do desejo que Abraão tinha de ser pai apareceu para ele em uma visão e lhe prometeu um filho. Abraão creu na promessa de Deus, mas a sua mulher não, pois com o passar dos tempos ela não engravidava e então decidiu dar sua serva para que Abraão tivesse com ela um filho e assim foi Agar engravidou e deu a luz a Ismael. 
Mas este não era o plano que Deus tinha para Sara e Abraão muitos anos se passaram e novamente o Senhor Deus apareceu para Abraão e faz a promessa dizendo que dentro de um ano Sara daria a luz a um filho e que dela faria uma grande nação. Sara estava escondida escutando a conversa e no seu intimo riu, pois como ela sendo velha daria a luz a um filho. Mas a agora a história era outra, pois Deus tinha a abençoado e com a bênção do Senhor sobre si Sara engravidou e deu a luz a Isaque. Deus fez da estéril mãe de multidões.

Sara era uma mulher de Deus, tinha a bênção de Deus sobre suas finanças, sobre seu casamento, mas faltava uma bênção a da maternidade e só depois que Deus a abençoou é que a vida de Sara se transformou ela se tornou mãe. 

A bênção de Deus transforma ela faz com que o pouco se torne abundancia e da esterilidade Ele faz vida, não há limites para Deus, tudo Ele pode. Foi assim com Sara e será assim conosco se andarmos em obediência veremos maravilhas, pois só com a bênção de Deus sobre nós é que o “nosso deserto" florescerá. 






Reaja

 Abatidos, porém não destruído.
2 Coríntio 4.9



Na vida há momentos que somos surpreendidos por situações difíceis, problemas e dificuldades veem e diante delas nos sentimos tão abatidos desanimados e a única vontade que temos é de chorar.

Davi ¹se sentiu assim quando ele e seus homens chegaram a Ziclague e viram que tudo havia sido destruído.  Davi e seus homens estavam voltando para casa após o rei Aquis dispensá-los da peleja contra Israel, pois o rei Aquis e os príncipes temiam que Davi e seus homens fossem traí-los. Davi e seus  homens seguem de volta para casa, mas ao chegarem viram que a cidade estava queimada, tudo estava destruído e as mulheres, os filhos, os animais e tudo de valor havia foi levado pelo inimigo e diante de tão grande assolação Davi e seus homens choraram, choraram muito, choraram até não ter mais lágrimas para chorar e com coração cheio de amargura os homens queria apedrejar Davi, pois o culpava pelo ocorrido.
Davi ficou profundamente abatido, mas ele não estava destruído ainda havia esperança e então ele “guarda” sua dor enxuga suas lágrimas e se levanta e se reanima no Senhor seu Deus que o fortaleceu e entregou o inimigo em suas mãos e assim Davi recuperou as mulheres, filhos, animais e tudo de valor nada ficou na mão do inimigo nem coisa pequena nem coisa grande tudo ele tornou a trazer para si.

Como Davi viveremos o dia mal, dias de choro e perdas, dias que nos veremos abatidos sem força para prosseguir, mas embora estejamos abatidos não estamos destruídos há fôlego de vida em nós e por isso temos que reagir  nos levantar e ir à lutar para reverter esta situação e só conseguiremos isso buscando o Senhor e nos fortalecendo nEle e Ele em Sua  infinita bondade nos socorrerá e reverterá o nosso choro em júbilo, a nossa dor em alegria, tirará os obstáculos do caminho e nos dará vitória.

Deus é assim Ele fortalece o fraco, levanta do pó o desvalido, socorre o necessitado, por isso não hesite em buscá-lO, pois Ele está com ouvidos atentos e suas mãos sempre estendidas pronto a socorrer.






_____________________
¹ I Samuel 30.1-31









Agrade ao Senhor

Não servindo somente à vista, como para agradar aos homens,
 mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus,
Efésios 6:6   



Digno de todo louvor, digno de toda glória, digno de toda honra, digno de todo nosso amor é nosso Deus e a Ele devemos dar o nosso melhor, pois Ele merece.

A bíblia nos fala de um homem¹ se ausentou de sua terra deixando seus bens aos cuidados de seus servos, mas antes de partir este homem chamou seus servos e lhe contou que estava partindo e que deixaria aos cuidados dele os seus bens e um a um foi distribuindo para um ele confiou cinco talentos, para outro dois e para apenas um ele confiou apenas deu um talento. Distribuídos os bens este homem partiu e não deu nenhuma ordem, não mandou aumentar a sua fortuna, ele não disse nada, apenas distribuiu os seus bens e partiu.
E assim que o senhor partiu os servos começaram a trabalhar para que os talentos -bens -do seu senhor fossem aumentados e com todo esforço e dedicação trabalhavam para multiplicar o bem que lhe foi confiado e fazia isso sem esperar nada em troca, sem desejar o ganho para si, mas fazia por amor a seu senhor, faziam agradá-lo para que quando voltasse se alegrasse neles e assim foi depois de um bom tempo o senhor voltou para sua terra e chamou os servos para lhe dar conta do que bem confiado e um por um se apresentou diante do seu senhor e feliz da vida contava como havia multiplicado o bem confiado e o senhor contente com desempenho de seus servos elogiou e o recompensou a cada um.

Este servos são um grande exemplo para nós, pois a atitude deles nos ensina que devemos fazer tudo visando somente agradar ao Senhor e jamais agir buscando satisfazer os nossos próprios interesses . Devemos servir por amor, porque queremos ver o reino crescer e não esperando recompensa, pois a nossa recompensa  não são as bênçãos que certamente o Senhor nos dará, mas a maior recompensa é de poder servir a este Deus de amor.





_________
¹ Mateus 25.14-23