Abrigo ou Morada

 Fizeste do Altíssimo a tua morada.
Salmo 91.1



Fim de tarde, passos rápidos, pingos de chuvas acariciavam a minha pele e em minha mente um só pensamento preciso me abrigar desta chuva.  Ela veio depressa e com toda sua força dançava com o vento e eu ali naquele abrigo seguro observava o belo espetáculo. O show acabou as luzes dos trovões se apagaram é hora de seguir e em passos calmos prossigo agradecida é bom ter aonde se abrigar em dias de tempestade, mas sei que melhor ainda é pode ir para casa lar meu doce lar.

Longe de casa e famintos estava uma multidão¹ que por saber dos sinais que Jesus fazia vieram ao Seu encontro. Jesus vendo a multidão e para experimentar Felipe questionou como fariam para alimentar tamanha multidão. A noticia se espalhou entre os discípulos, mas Jesus não estava com “medo” de não ter o dar ao povo Ele sabia o que iria fazer. Neste ínterim chega Andre e informa que ali entre a multidão há um rapaz com cinco pães e dois peixinhos e com estes pão e peixes Jesus fez o milagre e multiplicou e alimentou toda aquela multidão.
No outro dia já em outro lugar Jesus continua sua missão e novamente multidão O procurava, mas desta vez não porque viram sinais e prodígios, mas porque tinham fome e queriam que Jesus saciasse novamente a sua fome de pão. Jesus os confronta dizendo que seus pais comeram maná no deserto e novamente sentiram fome e que eles deveriam trabalhar pela comida que não perece. Mas aquele povo não estava interessado em Jesus, eles fizeram de Jesus um abrigo temporário queriam apenas saciar sua fome.

Em contrapartida vemos Rute que em tempos de fome poderia ter buscado  abrigo em sua terra sua parentela, mas não Rute escolheu ficar com sua sogra mesmo sabendo que esta nada tinha a oferecer. Rute fez da terra de sua sogra e a sua morada, do Deus de sua sogra o seu Deus e mostrou que o que realmente importa é o amor.

E é espelhado neste amor de Rute por sua sogra que devemos caminhar com Jesus sem interesse e por completo, pois muito mais é Ele do que aquilo que Ele pode me dar.
Não façamos do Senhor apenas um abrigo para os dias tempestades, mas uma morada um lugar de habitação quer seja chuva ou sol, quer tempo de escassez ou fartura que Ele seja o único lugar aonde queremos estar.






--------------------------
¹ João 6.1.40
² Rute 1.1.18


Ele está sempre comigo

Eis que estou convosco todos os dias
até à consumação do século.
 Mateus 28.20



Temperatura baixa, o céu cinza e o vento frio que teima beijar o rosto é o que temos para hoje. O frio é realmente desanimador, pois para fazer as tarefas mais simples é muito ruim. O frio traz aquela sensação de tristeza e solidão, mas há um frio muito mais cruel, um frio que nem mesmo mil cobertores é capaz de aquecer e esse frio se instala na alma e faz com que nos sentimos vazios e distantes de Deus.

Jesus foi preso e condenado à cruz e tudo passou tudo Ele sofreu calado como cordeiro manso levado ao matador. Mas pior que os acoites e a humilhação que Jesus viveu foi o sentimento de solidão, vazio e abandono que Ele sentiu na cruz, nem a dor do cravos fincados em suas mãos se comparou a dor que Ele sentiu por não mais sentir o Pai ali ao seu lado e diante da dor da ausência Ele bradou Sua alma em desesperou clamou: “Deus meu por que me desamparaste”¹.
Jesus estava enfrentando o pior momento de sua vida e não seria agora que o Pai o deixaria só, Jesus se sentiu só, mas não estava só. Jesus viveu uma vida com o Pai firmada em relacionamento em comunhão e não em sentimento e mesmo sentindo só e abandonado Ele clamou: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito², pois Jesus sabia que Deus estava com Ele mesmo não sentindo perto.

Há dias na fé em que vivemos o frio onde o céu do nosso coração está totalmente carregado de nuvens escuras e alcançar o trono sentir a presença do Pai parece impossível e como Jesus no sentimos vazios abandonados.
Mas a palavra nos diz que era inverno em Jerusalém tempo da festa da dedicação e nem mesmo o frio rigoroso fez com que Jesus se ausentasse daquele lugar, mas ao contrário Jesus passeava pelo templo estava lá disponível e ao alcance de todo aquele que o procurasse². 

Hoje o templo4 somos nós e podemos até estar vivendo dias frios, dias em que nos sentimos só e vazio de Deus, mas não podemos nos esquecer de que era inverno e Jesus passeava pelo templo, ou seja, mesmo que não O sintamos perto, mesmo que não sentimos a Sua presença a Sua palavra nos  garante era inverno e Jesus passeava pelo templo  Ele não nos deixa, Ele está  em nós.

Por isso não ande com Deus firmado em sentimento, mas ande com Ele firmando em Sua Palavra, pois esta é fiel e não deixará que os nossos passos falhem que nosso pés vacilem.





-----------------------------------
¹ Marcos 15.34
² Lucas 23.46
³ João 10.22.23
4 1 Coríntio 6.19.

Zelo

[...] Porque ele tem cuidado de vós.
 1Pe 5.7


Em setembro de 2016 minha sobrinha se casou e na decoração do ambiente havia  flores, algumas artificiais e outras naturais. No final da festa quando estava indo embora minha sobrinha me presenteou com um lindo vaso de antúrio que estava com as folhas bem verdinhas e cheio de flores vermelhas. Fiquei imensamente feliz com presente e o trouxe para casa e todos os dias desde então cuido dele com muito amor e cuidado.  Hoje dez meses depois o antúrio continua lindo e durante esses dez meses não houve um só mês em que ele não tivesse flor e agora mesmo no inverno ele continuou lindo com suas folhas verdinhas e suas flores vermelhinhas.  O segredo para ele permanecer  vivo e lindo até hoje é o zelo, o cuidado que tenho com ele, mas como diz a Palavra “Paulo plantou, Apolo regou, mas o crescimento veio de Deus”¹, ou seja, senão fosse  a mão do Pai sobre esta flor de nada valeria meu trabalho.

Zelo - cuidar de algo ou alguém, ter consideração pela coisa ou pela pessoa. Não há alguém capaz de cuidar de nós como Deus cuida, não há ninguém que tenha consideração por nós, como Pai tem o Seu amor e cuidado vai além do que podemos imaginar.

 Moisés² e o povo estavam no deserto e durante quarenta anos experimentaram do zelo de Deus. O Senhor estava com eles cuidando e protegendo-os durante todo tempo seja de dia com a nuvem ou a noite com uma coluna de fogo o Pai não se apartou deles e a cada necessidade Deus mostrava o amor e cuidado. Quando houve fome do céu Ele fez chover o maná, quando houve sede da rocha Ele fez brotar água e quando quiseram carne do mar Ele fez surgir codornizes e quando vieram os inimigos Ele um a um derrotou.  
Não há Deus como nosso Deus, não há Deus que tenha maior zelo, cuidado e amor como Deus tem por nós Ele é único, incomparável.

Como flores no jardim de Deus, como peregrino neste “deserto” assim somos nós e se chegamos até aqui vivos e fortes foi porque a boa mão do Senhor nos sustentou. 
Por isso não devemos temer, pois como Ele fez com Moisés Ele fará conosco para cada necessidade um cuidado,para cada luta uma vitória.





¹ 1 Coríntio 3.6
²  Êxodo capítulos 13-16 -17 


No tempo certo


Pedi, e dar-se-vos-á, buscai e achareis, batei, e abri-se-vos-á.
Pois todo que pede recebe, o que busca encontra,
e , a quem bate, abri-se-lhe-a.
Mateus 7.7-8


Já ouvi pessoas dizerem que Deus tarda mais não falha muitos usam essa frase para justificar a “demora” de Deus em agir em seu favor, mas esta frase é um grande erro, pois Deus é perfeito, Ele não tarda e nem falha tudo é no seu tempo e o seu tempo é o certo.

Durante muitos meses orei ao Senhor pela escola de meu filho e eu queria que ele estudasse em um boa escola em um colégio cristão aqui perto de casa, mas como é um colégio particular suas mensalidade estavam fora do meu orçamento e somente Deus poderia me concedesse esta graça de ver meu filho estudando em uma boa escola.
Todos os dias ao colocar meu filho para dormir eu colocava sobre ele as mãos e orava ao Pai e confiante que Deus iria me dar este desejo afinal a Palavra não diz que se nós que somos maus damos boas dádivas aos nossos filhos quanto mais Deus não nos dará boas coisas quando a Ele pedimos e assim seguia orando e crendo na vitória.
Mas as coisa nem sempre são tão fáceis e chegado o tempo de matricular meu filho para minha tristeza as coisas não saíram como eu esperava e o desejo do meu coração era que meu filho estudasse naquele colégio cristão foi por água abaixo.
Confesso que de inicio fiquei muito triste e fui ter com o Pai sabe falei para Ele da minha frustração em não conseguir colocar meu filho no colégio, pois eu orei, eu pedi, eu acreditava que Ele me atenderia, mas apesar de triste sei que tudo coopera pra o bem e se o Senhor não permitiu que meu filho estudasse naquela escola era porque isso era o melhor para ele e me conformei com isso.
O novo ano chegou e meu filho começou a estudar em outra escola e na primeira semana foi tudo maravilhoso meu filho gostou da escola, mas passado a primeira semana meu filho começou a sofrer naquela escola, os coleguinha batiam nele, ele não se alimentava lá e mesmo mandando bilhetes e bilhetes todos os dias ia buscar meu filho na escola e ele saia chorando e pedindo para não voltar mais lá. Eu ainda insistir pensando que meu filho estava fazendo manha, mas ele estava mesmo sofrendo naquele lugar e foi ai que Senhor agiu e tudo se resolveu eu conseguir matricular meu filho no colégio cristão e para glória de Deus meu filho ama a escola, ama a professora, os colegas e até já começou a juntar as famílias e ler tudo isso em apenas seis meses.

A vida com Deus é cheia de boas surpresas, pois quando a gente pensa que tudo esta perdido que é o fim o Senhor vem  e muda tudo e age em nosso favor.

Deus é um Deus Pai que cuida de nós e que sempre irá fazer  tudo para nosso bem foi assim comigo  e com meu filho e é por isso devemos confiar nEle o tempo todo, mesmo quando as coisas são saem como esperamos devemos descansar , pois Ele está agindo em nosso favor e  o melhor sempre estará por vir. 





Grande é o Senhor

Os céus proclamam a glória de Deus.
Salmos 19.1

  
Há momentos na vida, na fé que nos vemos como gafanhotos diante de gigantes, cordeiros diante de leões furiosos ávidos para nos devorar e a nós nos cabe mesmo diante destes momentos confiar e permanecer fiel e obediente a Deus e Ele em tempo oportuno agirá em nosso favor.

Abraão em todo tempo permaneceu fiel e obediente a Deus e mesmo sem saber o que lhe aguardava obedeceu ao Senhor e saiu da sua parentela e seguiu rumo à promessa que Deus havia feito a ele.
Muito tempo se passou e Abraão sempre firme e fiel a Deus e por sua fidelidade Abraão viu Deus agir em sua vida dando bênçãos materiais, livrando-o do inimigo não só a ele como os seus,fazendo dele um nome a ser respeitado. Mas mesmo diante de tantas bênçãos houve um momento na fé em que aquele que conhecemos como pai da fé se viu “sem fé”, desanimado, desesperançado, pois havia uma promessa, mas o cumprimento desta parecia impossível de se realizar.
 Foi então quando Deus veio até Abraão e disse: Não temas, Abraão, eu sou o teu escudo, e teu galardão será sobremodo grande. Mas Abrão estava tão descrente que disse: “Senhor Deus, que me haverás de dar, se continuo sem filhos”, em outras palavras Abraão estava dizendo para Senhor que como Ele poderia prometer coisas tão grandes se nem mesmo a mais fácil que é ter um filho ele tinha alcançado, como crer então que grande será meu galardão grande será  minha descendência.
Mas Deus em Sua infinita bondade reafirma sua promessa e o conduz para fora de sua tenda e pede para Abraão olhar para o céu e para as estrelas, pois assim seria a descendência de Abrão, ou seja, em outras palavras Deus estava falando para Abrão não olhe para você, para sua limitação, mas olhe para mim, pois para mim não há difíceis, impossíveis. E então Abraão se encheu de fé e creu no Senhor e tudo se cumpriu em sua vida assim como Senhor Deus falou.

Como Abraão vivemos momentos difíceis, momentos onde a nossa fé parece perecer, mas com ele aprendemos que diante destas situações devemos olhar para o alto, olhar para Deus e não para nós ou para nossa situação,pois nós nada podemos fazer,  não é nosso braço que nos dará vitoria², mas a destra do Senhor.

Por isso hajar o que houver devemos permanecer firme no Senhor mesmo que tudo nos leve a duvidar, a deixar de crer e até desistir, não devemos nos apoiar no que vemos ou sentimos, mas no Senhor, pois logo chegará o tempo em que veremos as promessas Deus cumpridas em nossas vidas, pois Ele é Fiel e não falhará.  



"Eu espero confiante em Ti
Pois Tu és o Deus da minha esperança
Não é em outro em que espero
Não é num Deus que não pode me ouvir e nem ne atender que eu confio
Mas é em Ti Senhor
O Todo Poderoso
Jesus, o único a quem clamo e o único que pode me socorrer
Espero em Ti Senhor 
E verei cumpridas uma a uma as promessas em minha vida
Pois sei que Tu és o Deus que realiza sonho.
Eu confio em Ti
Eu espero em Ti".






____________________________
¹  Gênesis 15.1-6
² Salmos  44.3