Grande é o Senhor

Os céus proclamam a glória de Deus.
Salmos 19.1

  
Há momentos na vida, na fé que nos vemos como gafanhotos diante de gigantes, cordeiros diante de leões furiosos ávidos para nos devorar e a nós nos cabe mesmo diante destes momentos confiar e permanecer fiel e obediente a Deus e Ele em tempo oportuno agirá em nosso favor.

Abraão em todo tempo permaneceu fiel e obediente a Deus e mesmo sem saber o que lhe aguardava obedeceu ao Senhor e saiu da sua parentela e seguiu rumo à promessa que Deus havia feito a ele.
Muito tempo se passou e Abraão sempre firme e fiel a Deus e por sua fidelidade Abraão viu Deus agir em sua vida dando bênçãos materiais, livrando-o do inimigo não só a ele como os seus,fazendo dele um nome a ser respeitado. Mas mesmo diante de tantas bênçãos houve um momento na fé em que aquele que conhecemos como pai da fé se viu “sem fé”, desanimado, desesperançado, pois havia uma promessa, mas o cumprimento desta parecia impossível de se realizar.
 Foi então quando Deus veio até Abraão e disse: Não temas, Abraão, eu sou o teu escudo, e teu galardão será sobremodo grande. Mas Abrão estava tão descrente que disse: “Senhor Deus, que me haverás de dar, se continuo sem filhos”, em outras palavras Abraão estava dizendo para Senhor que como Ele poderia prometer coisas tão grandes se nem mesmo a mais fácil que é ter um filho ele tinha alcançado, como crer então que grande será meu galardão grande será  minha descendência.
Mas Deus em Sua infinita bondade reafirma sua promessa e o conduz para fora de sua tenda e pede para Abraão olhar para o céu e para as estrelas, pois assim seria a descendência de Abrão, ou seja, em outras palavras Deus estava falando para Abrão não olhe para você, para sua limitação, mas olhe para mim, pois para mim não há difíceis, impossíveis. E então Abraão se encheu de fé e creu no Senhor e tudo se cumpriu em sua vida assim como Senhor Deus falou.

Como Abraão vivemos momentos difíceis, momentos onde a nossa fé parece perecer, mas com ele aprendemos que diante destas situações devemos olhar para o alto, olhar para Deus e não para nós ou para nossa situação,pois nós nada podemos fazer,  não é nosso braço que nos dará vitoria², mas a destra do Senhor.

Por isso hajar o que houver devemos permanecer firme no Senhor mesmo que tudo nos leve a duvidar, a deixar de crer e até desistir, não devemos nos apoiar no que vemos ou sentimos, mas no Senhor, pois logo chegará o tempo em que veremos as promessas Deus cumpridas em nossas vidas, pois Ele é Fiel e não falhará.  



"Eu espero confiante em Ti
Pois Tu és o Deus da minha esperança
Não é em outro em que espero
Não é num Deus que não pode me ouvir e nem ne atender que eu confio
Mas é em Ti Senhor
O Todo Poderoso
Jesus, o único a quem clamo e o único que pode me socorrer
Espero em Ti Senhor 
E verei cumpridas uma a uma as promessas em minha vida
Pois sei que Tu és o Deus que realiza sonho.
Eu confio em Ti
Eu espero em Ti".






____________________________
¹  Gênesis 15.1-6
² Salmos  44.3



Santificação

Santificai-vos para amanhã, porque assim diz o Senhor, Deus de Israel.
Josué 7.13a


Deus é bom em todo tempo. Deus é Deus o tempo todo. Ele é Soberano, Grande e Majestoso e nada que aconteça “de ruim” em nossa vida mudará quem Ele é, pois Deus é Bom e Sua misericórdia é eterna.

Israel o tempo todo experimentou da bondade e misericórdia de Deus, mesmo eles errando, pecando contra Senhor, Deus ainda assim tinha misericórdia. Foi assim quando Josué após a morte de Moisés assumiu a liderança e caminhava com povo rumo à terra prometida. Logo de início um grande desafio a ser transposto o rio Jordão e logo após eis que Josué e todo povo se deparam com  as muralhas de Jericó e mais uma vez  o obstáculo foi vencido e eles seguiam vitoriosos. A fama de Josué e todo povo de Deus crescia e reis e povos os temiam, pois sabiam que o Deus deles era Poderoso. Deus era com Josué e o povo e o povo e Josué era com Deus uma parceria imbatível e invencível até que uma desobediência, um pecado fez com que  eles perdessem a batalha e muitos homens foram mortos e Josué temeu, pois se os outros povos soubessem que eles  lutaram e perderam a batalha  o que seriam deles e diante da derrota Josué se pós a orar e buscar a Deus e Deus então revelou motivo o pecado e pediu a Josué  e o povo que santificassem que tirassem o pecado do meio de si, pois só assim Deus seriam com eles novamente.

Deus não foi duro ou ruim quando permitiu que Josué e seus homens perdessem a batalha, Deus não foi malvado por permitir que eles perecessem na mão do inimigo. Deus é Bom em todo tempo e se algo de ruim nos acontece é porque de alguma maneira agimos fora da palavra de Deus, fizemos coisas que desagradaram o Senhor e teremos que arcar com as consequências de nossos atos.

Mas o bom é saber que mesmo errando Deus nos ama e está disposto a nos perdoar, foi assim com Josué e o povo Deus deu a eles uma chance de conserto e assim também será conosco.


É tempo de santificação, de limpar o acompanhamento (nossa vida, nosso coração) tirar toda a sujeira, todo pecado e deixar tudo limpo para que assim Deus seja conosco e habite em nós e nós venhamos a ser santo como Santo é Ele.





Decepcionado com Deus

Maria, porém, ficou sentada em casa.
 João 11.20





Nem tudo na vida é como a gente quer, nem tudo é no tempo que a gente quer. Deus é Deus e Ele faz como quer e da maneira que Ele quer, pois Ele é o Senhor e por mais que não entendemos o Seu agir Ele sempre fará o melhor para nós.

Lázaro adoeceu e a cada dia sua saúde se complicada mais e mais e preocupada com a saúde do irmão Marta e Maria pedem para seus servos irem até Jesus e dizer a Ele que venha até sua casa, pois aquele que Ele amava estava muito doente e carecia de sua ajuda. E assim foi os servos foram até Jesus e deram o recado e voltaram para a casa de Maria e Marta com a boa nova de que aquela enfermidade não seria para morte, mas para glória de Deus e diante desta maravilhosa noticia o coração delas se alegrou e aquele medo de perder seu irmão se dissipou como fumaça afinal se o Mestre disse que a enfermidade não era para morte então poderiam ficar tranquilas, mas com passar das horas e dos dias a saúde de Lázaro só piorou até que este veio a falecer.
Jesus e seus discípulos permaneceram onde estava por ainda dois dias e só depois de dois dias que seguiram para Judeia e depois seguiam para Betânia e quando chegaram lá já fazia quatros dias que Lázaro estava enterrado.
Marta a mulher atarefada logo que soube que Jesus havia chegado correu para encontrá-lo, mas Maria aquela que amava estar com Jesus, aquela largava tudo para se prostrar aos Seus pés não se animou com a sua chegada e “decepcionada”, triste permaneceu sentada em casa até que Jesus a chamou e quando estava diante do Mestre rasgou seu coração e prostrada aos seus pés chorou e “decepcionada” triste disse: Senhor, se estiveras aqui, meu irmão não teria morrido.Maria não ousou dizer, mas talvez a voz de seu coração clamasse dizendo: Senhor porque o Senhor não veio logo que te chamei, pois confie em Ti sabia que se viesse meu irmão não teria morrido, mas você não veio, eu acreditei que você vinha nos socorrer, mas você não veio, eu esperei em você e agora já é tarde meu irmão morreu e ali prostrada aos pés de Jesus Maria chorava e sua tristeza  agitou o Espírito de Jesus e Ele se comoveu.

A vida muitas vezes nos prega peças e como Marta e Maria vivemos situações difícil e nestas horas pedimos ajuda do Senhor clamamos por Ele e  nada parece acontecer, Ele não vem, Ele não age em nosso favor, ou seja, pensamos assim porque não recebemos as resposta que esperamos no tempo que esperávamos e do jeito que esperávamos e diante dos Nãos de Deus ficamos decepcionados e tristes, pois sabemos que Ele é Bom, sabemos que Tudo Ele pode e então porque é que Ele não atende a minha oração não concede o meu desejo.

Mas através da vida de Lázaro eu aprendo que não posso ficar triste ou decepcionado com Deus somente  porque Ele não me respondeu da maneira que eu queria, pois se Deus não fez do meu jeito  é porque o jeito dEle é muito melhor.Foi assim com Lázaro, o Senhor não curou Lázaro como Marta Maria e todos esperavam, mas Ele fez  do jeito dEle, Ele fez algo muito maior ressuscitando-o.  Por isso, não devemos chorar nem nos entristecer, mas em todo tempo confiar, pois se Ele não atendeu da maneira que queríamos é porque algo muito maior e melhor Ele tem preparado para nós.






A chuva passou

E tudo o que pedirdes em oração, crendo, o recebereis.
Mateus 21.22



Hoje meu dia começou um tanto diferente, trovões me despertaram para mais um novo dia. Céu escuro, raios e relâmpagos desencorajava e o medo tomou meu coração, pois o céu anunciava uma tempestade avassaladora e o estrago com toda certeza seria grande e diante deste cenário pavoroso a oração do dia além do habitual pedido de agradecimento e proteção a oração também foi “Pai dá ordem a essa tempestade para que cesse”. O barulho do vento, raios e trovão continuaram por ainda alguns minutos até que a chuva começou a cair e então pensei ela chegou, mas de repente para minha surpresa a chuva parou e aquele cenário pavoroso, aquelas nuvens escuras foram se dissipando e um céu azul começou  enfeitar o dia. Minha oração foi ouvida, Aleluia!

Os discípulos de Jesus também enfrentaram uma grande tempestade, eles a pedido de Jesus¹ seguiam para o outro lado da margem, tudo parecia perfeito Jesus no barco a noite linda o tudo calmo a viagem seria abençoada. A viagem seguia normalmente, mas para surpresa dos discípulos um vento começou a soprar anunciando uma grande tempestade.  Jesus estava na popa do barco dormindo e uma grande tempestade começou a cair o vento forte e as ondas varriam o barco de tal maneira que iriam afundar. Os discípulos faziam tudo que podiam, mas a situação só se complicou e então foram até a popa do barco e chamaram Jesus, pois sabiam que só Ele poderia ajudá-los naquela situação e então disseram: Senhor, salva-nos! Perecemos! 
Jesus então acordou se levantou e reprendeu o vento e o mar e assim a tempestade cessou fazendo grande bonança e diante de tal fato os discípulos ficaram maravilhados e diziam quem é esse que até o vento e o mar lhe obedecem.

Durante a vida enfrentaremos tempestades, algumas tão forte como as que os discípulos enfrentaram. Problemas, adversidades, dores veem e nos amedronta e até mesmo “devasta” deixando muitas vezes um “grande estrago”.  Mas para cada tempestade há  uma arma poderosa a nossa oração e através dela que a tempestade cessará.Foi assim com discípulos eles clamaram e Jesus os socorreu e os livro-os  e assim também será conosco basta clamarmos e Deus nos ouvirá e nos atenderá, pois Deus não rejeita²  a nossa oração.

Por isso ao primeiro sinal de chuva ore, clame a Ele e Ele cessará a chuva, pois ninguém nem mesmo os mais fortes ventos, nem mais as mais terríveis tempestades (problemas) são maiores que Ele.





 _________ 
¹ Mateus 8-23-27
² Salmo 66-19-20




Deus cuida de mim


Os corvos lhe traziam pela manhã pão e carne,
 como também pão e carne ao anoitecer.
I Reis 17.7


Na vida muitas vezes enfrentamos situações difícil, momentos tão delicados e diante deles até nos “esquecemos” do tamanho do nosso Deus e pensamos como Deus conseguirá nos livrar de certas situações, pois aos nossos olhos parece tudo tão difícil. Mas Deus é Deus e Ele faz o que quer, usa  quem Ele quer e se preciso for move céu, terra e mar para nos abençoar.Foi assim como Elias Deus fez o inimaginável só para abençoá-lo.

No reinado do rei Acabe houve grande seca por toda a terra e o Senhor Deus veio até o profeta Elias e disse para ele se retirar dali e ir para lado oriental e esconder-se junto à torrente de Querite porque Deus ordenaria aos corvos que trouxessem alimento para ele e ele beberia da água do ribeiro e assim não morreria e nem passaria por necessidade neste tempo difícil. O profeta fez exatamente como Senhor Deus lhe ordenou e foi para torrente e ali se escondeu e todos os dias os corvos vinham e traziam ao amanhecer e ao anoitecer pão e carne e isso durou muito e muitos dias.Como passar dos tempos e pela falta de chuva o ribeiro do qual Elias bebia água foi minguando, minguando até secou e Elias não tinha mais água para beber e foi então que novamente o Senhor Deus usou quem Ele quis e ordenou a Elias que saísse dali e fosse até a cidade de Sarepta, pois lá uma viúva o sustentaria.

Nesses tempos de escassez Elias não padeceu nada lhe faltou, pois Deus em tudo o supria e diariamente Elias pode ver através do corvos o favor de Deus em sua vida.

Assim também é conosco todos os dias Deus manifesta em nossa vida o Seu favor. Podemos contemplar diariamente o Seu agir, pois Deus cuida de nós, é Ele que nos livra de todo mal, é Ele que supri as nossas necessidades, é Ele que nos cerca de cuidado e amor.

Deus cuida de nós e mesmo que estejamos vivendo o dia mal, dias de dificuldade e escassez não devemos temer, pois Ele está conosco e nEle encontraremos tudo que precisamos. Ele é a fonte e esta fonte nunca se esgotará.