No deserto com Deus

Deus estava com o rapaz, que cresceu,
habitou no deserto e se tornou flecheiro.
Gênesis 21.20


Uma das estratégias do mal para enfraquecer a nossa fé é fazer com que nos momentos difícil de nossas vida pensemos que estamos só abandonados por Deus a mercê da nossa própria sorte.

Agar se viu assim só e abandonada, ela que tinha um lar, uma “família”, comida, uma cama pra dormir segurança de repente perdeu tudo se viu desprotegida solitária em meio ao deserto.
Agar era escrava de Sara mulher de Abraão com quem  teve um filho chamado Ismael.  A bíblia nos fala que quando Isaque filho de Sara com Abraão  foi desmamado Ismael caçou dele e Sara viu e não gostou e exigiu que Abraão mandasse Agar e Ismael embora e assim Abraão fez, ele levantou pela madrugada tomou um pão e um odre de água deu a eles e os despediu.
Agar e Ismael saíram sem rumo, sem destino pelo deserto a fora e chegou um tempo em que já não havia mais água e Agar desesperada crendo que iriam morrer no deserto deixa o filho embaixo de um arbusto e se afasta e chora. Deus ouve o menino e manda um anjo até Agar que lhe abre seus olhos e ela vê um poço de água e assim ela e seu filho escapam da morte e passa a partir daquele momento a viver no deserto e o Senhor sempre foi com menino nunca o deixou mesmo em meio ao deserto.

Em nossa vida haverá momentos em que iremos passar pelo o deserto. O deserto representa muita vezes as fases difíceis, os problemas, as adversidades e quando estamos em meio ao ele nos sentimos como Agar aflitos e solitários, mas não podemos esquecer que leve e momentâneas são as tribulações ¹ e  os desertos da vida são apenas uma fase, fase dolorosa, mas que logo passará.

Por isso, mesmo que estejamos em meio ao deserto devemos manter a fé, e jamais nos desesperar, pois nunca estaremos só, Deus está conosco Ele pode até nestas fases se calar, mas jamais nos abandonará    
e não deixará que nenhum mal nos acontecerá.

O deserto não durará para sempre,assim como é certo que a luz de um novo dia nascerá assim será em nossa vida, um tempo de paz e refrigério virá e veremos diante dos nossos olhos a nossa sorte mudar².

Creia nisto.




¹ 2 Coríntios 4.17
² Sofonias 3.20b






2 comentários:

  1. É mesmo, Irene. Podemos crer nisto: o deserto não durará para sempre.
    Boa semana!
    Celina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Celina
      Boa semana pra vc tb
      Bjo
      Irene

      Excluir